19/03/2019

Dentre as contribuições previstas no PS-II, a Contribuição Normal é realizada mensalmente pelo participante, tem paridade da patrocinadora e se divide em Básica, Variável e Riscos. Entenda cada uma:

 

Contribuição Básica

Corresponde a 1% do salário de contribuição.

Entende-se por salário de contribuição a soma das parcelas relativas a salário, gratificações, incorporações e adicionais pagos habitualmente.

 

Contribuição Variável

Apurada pela aplicação de percentual sobre a parcela do Salário de Contribuição excedente a 8 VRS (Atualmente R$ 373,42).

 

Exemplo:

Considerando que o participante recebe R$ 10.000,00 de salário de contribuição e quer contribuir com 10% na variável, temos o seguinte cálculo:

– Salário de contribuição R$ 10.000,00

– 8VRS = (8X R$ 373,42) = R$ 2.987,36

– Percentual escolhido: 10%

 

Cálculo:

R$10.000 – R$2.987,36 = R$7.012,64

R$7.012,64 *10% = R$ 701,26

 

Nesse exemplo, o participante pagaria R$ 701,26 de contribuição variável.

 

Contribuição Riscos

Salário de Contribuição x taxa incidente sobre o salário de contribuição + (Salário de Contribuição – VRS) x taxa incidente sobre o excesso do salário de Contribuição em relação a 14 x VRS.  Esta não compõe o seu saldo de contas.

Tabela de Contribuição de Riscos PSII

 

É importante ressaltar que nas contribuições Básica, Riscos e Variável é deduzido o percentual de 3,75% referente a Taxa de Carregamento, conforme link: https://www4.serpros.com.br/orcamento-administrativo-para-2019-e-aprovado/

Entenda como é composta a sua contribuição mensal