12/04/2019

O processo eleitoral que irá definir dois novos conselheiros do Serpros acontecerá em breve. Os Conselhos são órgãos estatutários, podendo ser Deliberativo ou Fiscal. O Conselho Deliberativo (CDE) é responsável pelo direcionamento estratégico e o Conselho Fiscal (COF) pelo controle interno da entidade. Por isso, é importante você conhecer bem o papel do conselheiro, saber como ele é escolhido, qual a sua função na entidade e estar preparado para votar.

A eleição dos conselheiros é um direito dos participantes ativos e assistidos que lhes permite escolher o candidato que melhor represente as suas expectativas no sentido de cuidar do seu investimento no Plano de Benefícios.

Nessa eleição de 2019, os participantes e assistidos poderão escolher 1 candidato para compor o Conselho Deliberativo e 1 para o Conselho Fiscal, com dois suplentes cada, já que a renovação ocorre de forma parcial.

A composição dos Conselhos

Conforme estabelecem os Artigos 10ª e 16° do estatuto do Serpros, os Conselhos têm composição paritária, ou seja: metade é indicada pela Patrocinadora e outra metade eleita pelos participantes e assistidos da entidade. O Conselho Deliberativo é composto por 6 titulares e o Conselho Fiscal é composto por 4 titulares, com dois suplentes cada titular.

Conheça a importância da atuação dos conselheiros e o que faz cada Conselho.

O Conselho Deliberativo é o órgão máximo da estrutura organizacional do Serpros. Os conselheiros são responsáveis pela definição da política geral de administração da entidade e de seus planos de Benefícios. Entre as suas principais atribuições estão definir as alterações do estatuto e dos Regulamentos dos Planos de Benefícios, definir a criação de novos planos, aprovar a Política de Investimentos, nomear e exonerar os membros da Diretoria Executiva e aprovar o relatório anual, a prestação de contas da Diretoria Executiva e o Balanço Patrimonial, após parecer do Conselho Fiscal.

O Conselho Fiscal tem como principais atribuições examinar e aprovar os balancetes, livros e documentos fiscais da entidade, além de avaliar e emitir parecer sobre o balanço patrimonial, contas, negócios e demais aspectos econômico-financeiros da entidade.

São atividades de extrema importância para a entidade e que precisam ser realizadas por profissionais com vasta experiência e conhecimento não apenas do Serpros, sendo também exigida a comprovada experiência no exercício de atividades na área financeira, administrativa, contábil, jurídica, de fiscalização, atuarial ou de auditoria.

Em breve será apresentada a comissão eleitoral, o edital constando o regulamento eleitoral, o cronograma das eleições e o período de votação e de apuração do Processo Eleitoral.

Para quem tem interesse em se candidatar, também serão divulgados os formulários e documentos necessários para homologação da candidatura.

Fique atento!

A votação será realizada on-line, pela Área do Participante. Para exercer o seu direito a voto, é imprescindível que você mantenha os seus dados cadastrais atualizados, em especial o seu CPF, já que a chave para a entrada na Área do Participante é o CPF. Antecipe-se e confira!

 

Processo Eleitoral 2019: Eleições para Conselheiros